Como fazer 1.200.000 quilómetros num Honda Civic

Alguns já devem conhecer a verídica história do Civic que em 5 anos fez um milhão e duzentos quilómetros, mas para quem não sabe:

Ultrapassar os 400.000 quilómetros já é considerado um feito impressionante. Paul Habib, Jr. alcançou essa  marca no seu Honda Civic 2006 já no segundo ano com o carro.
Mas ainda estava longe do seu objectivo principal, depois de cinco anos após a compra, ele viria a ultrapassar 1.200.000 km.
 Esta é a história de um homem, uma máquina e sua busca incansável pelo limite da quilometragem.

 Habib, Jr não é taxista, é a primeira coisa que vêm logo á cabeça mas não.  Ele entrega suprimentos médicos para uma farmácia em Kentucky. Ele vive próximo a Evansville, no estado de Indiana e normalmente conduz até Murray, Kentucky no sudoeste do estado e então até Campbellsville.

Numa semana normal ele consegue percorrer 5.800 quilómetros, em apenas três semanas ele percorre a média anual que cada americano costuma fazer.

Ele começa por volta das 13:30, cinco dias por semana, e só chega em casa as 4 da madrugada. Além disso têm também um turno menor no sábado. Aos domingos, cuida do Civic e descansa.

A segunda coisa que precisamos de saber sobre precisa Habib, Jr, é o carro. É um Honda Civic LX quatro portas 2006 com transmissão manual que comprou usado na concessionária em maio de 2007 com aproximadamente 35.000 quilómetros. Substituiu o seu Ford Probe, que tinha 482.000 km.

Me apaixonei pela oitava geração do Civic na primeira vez em que a vi na rodovia”, contou Habib, Jr. ao Jalopnik. “É lindo”.

Durante os primeiros 365.000 quilómetros o motor era todo original, com apenas velas, filtros. Habib, Jr. é metódico com a manutenção e atento a coisas que geralmente passam despercebidas pela maior parte das pessoas.

Por exemplo, ele começou a trocar o óleo por conta própria mais cedo que o recomendado, usando sempre  óleo sintético especial – ele mantém contacto com os fabricantes de óleo sobre seu progresso, já que se trata de uma cobaia de teste para as marcas de óleo. As velas? NGK Laser Iridium, que continuam em uso depois de mais de 965.000 quilómetros.


Habib, Jr. mantém todas as trocas listadas neste épico tópico no fórum 8thCivic.com, para quem tem curiosidade em saber a dedicação necessária para alcançar uma quilometragem dessas:
http://www.8thcivic.com/forums/mechanical-problems-technical-chat/96765-700-000-miles-still-going-strong.html

Post de 2008.

"Parece que sim, o motor MORREU!! Consegui finalmente um novo motor (daqui a duas semanas) vou desmontar o antigo e ver o que raio aconteceu. O carro estava a funcionar perfeitamente, a temperatura estava normal, eu apenas usei um pouco de direcção “agressiva” para me desviar de uma lesma e logo depois parei num estacionamento.

O que aconteceu foi que o motor de arranque teve um problema, então aproveitei para mudar alguns fluidos e consertar o motor de arranque. "


Um dos melhores momentos aconteceu com 440.000 quilómetros, quando o concessionário Honda da região mandou uma carta para Habib, Jr. oferecendo-se  para comprar o seu carro, na troca de um modelo novo.

Quando cheguei lá, conversei com o funcionário que me enviou a carta e disse-lhe que não iria querer fazer a troca, já que o meu carro ainda só tinha 440.000 quilómetros; havias de querer visto a cara dele"

Com cerca de 550.000 quilómetros, Habib, Jr. achou que seria uma boa ideia finalmente usar o motor de reserva que já tinha adquirido e  instalou-o junto com a transmissão usada. O motor original “estava impecável, firme e forte” mas por que arriscar?


Devido ao seu tipo de trabalho, ele já viu de tudo na estrada, incluindo ataques de veados a que ele designa por “kamikazes” que surgem do meio do nada.
Na casa dos 620.000 quilómetros, ele atingiu/foi atingido por um deles, mas depois de ver o quanto a seguradora estava disposta a pagar, resolveu arrecadar o prejuízo e consertou sozinho, o que fez por menos de US$ 2.000.

resultado do ataque do veado "kamikase"



Por incrível que pareça, Habib Jr. fez a maior parte da manutenção no estacionamento do condomínio onde costumava morar.
É um lembrete para aqueles que reclamam que não podem mexer no carro porque não possuem uma garagem própria.




Em Abril de 2011, o seu Civic estava perto de 1 milhão de quilómetros (aproximadamente 621.000 milhas) então ele mudou o para o sistema métrico na esperança de ver uma sétima casa decimal mas descobriu que  parava em 999.999 km!

Segundo o site da Honda dedicado aos proprietários que fazem muitos quilómetros, o motorista de um Civic que mais se aproxima da marca vive em Las Vegas e tem 805.000 milhas, mas é um de 2003 com uma vantagem de quatro anos.

“Nós adoramos os clientes fiéis”, disse Alicia Jones, gerente de relações públicas da marca nos Estados Unidos. “Histórias como esta servem para mostrar como as pessoas confiam nos seus Hondas durante muitos anos"

Então e o futuro do Civic?

Vou continuar a andar com este carro até atropelar outro veado. Depois disso vai para a garagem, onde vou começar a restaurá-lo para uso diário”, diz Habib, Jr. “Espero encontrar outro Ford Probe da primeira geração para continuar com as entregas”.

Se um dia numa tarde qualquer você encontrar um Civic de 2006 cinza em Kentucky, deixe-o passar, talvez seja uma lenda.

Créditos: Jalopnik


A nossa Explicação

Existem pelo mundo fora exemplos de fiabilidade mas muitos não estão documentados, em Portugal existia uma Astra com 600.000 km, porém só fazia auto-estrada, pois é, se andasse numa cidade o desgaste seria outro.
Ainda em Portugal existem muitos Mercedes de taxistas com 1.000.000 de km com o motor original, sempre a andar em cidade. Isso sim é um facto. Não nos podemos esquecer que este Honda era quase todas as semanas assistido pelo seu dono, e acabou por levar outro motor.

Será que também posso alcançar essa quilometragem ?
A verdade é que os motores modernos, necessitam de muitos mimos, precisa-se de estar sempre atento a todos os sons, ler muito em foruns da Internet sobre as peças que se desgastam mais rápido no modelo em questão, usar óleos de boa qualidade, fazer as manutenções a tempo, não puxar pelo motor em frio, entre outras coisas, é possível que consiga durar estes quilómetros.

Mas não se esqueça do meio onde está inserido, uma cidade com muito tráfego, destrói mais rapidamente os carros, embraiagem sofre muito mais, assim como a caixa de velocidades, o para arranca em horas de maior calor, faz com que o motor acabe por sofrer. Quando alguém lhe perguntar que tem uma quilometragem aceitável no seu veiculo, desconfie sempre e pergunte se foi em cidade que ele alcançou essa quilometragem.

P.S; tive um Fiat Tipo de 1990 com 300.000 e a embraiagem ainda era a de origem

7 comentários:

  1. Este Honda, devia fazer na sua maioria autoestrada!
    O que é sinonimo de muitos quilômetros e pouco desgaste por parte do motor, ainda para mais quando o seu proprietariado, é um atento, no que toca a carros!

    ResponderEliminar
  2. Sim de facto este Honda, grande percentagem dos seus quilómetros foram em estrada "corrida" o que contribui bastante para a sua durabilidade! Mas é um caso raro principalmente em motores modernos em que não costumam durar tanto como os de outrora, como o fiel 190 da Mercedes

    ResponderEliminar
  3. O meu apesar de ser mais velho - 01/2001 - só vai a 1/3 da Kilometragem, mas nos 4 primeiros anos fez 250.000 Km's.
    A manter a média ia agora nos 812.000Km's,
    Mas lendo o artigo com atenção verifica-se que existe uma certa dificuldade em trabalhar ao mesmo tempo com milhas e com Km's.

    ResponderEliminar
  4. Bom tenho um civic 2005 sou unico dono ele esta c 220.000 km sò faço manutenção periodica. trocas de oleo c 8 mil sendo q o lubrificante q uso mobil 10w40 sem. Sintético p 10 mil filtro é trocado junto c oleo. E posso garantir o motor esta perfeito nunca me deixo mão nunca deu nem uma ingasda se quer .é por isso que a honda é uma marca de confiança o japoneses fazem. Carros p durar e não p vender peças de reposição.

    ResponderEliminar
  5. eu também tenho um 2005 automático com 195000 km, troco óleo e filtros com 5000km e também posso garantir que o motor esta ótimo, porem, como todo mundo sabe, e bom lembrar que depende muito do PE do motorista para que o motor dure muitos km

    ResponderEliminar
  6. estou negociando um civik 2003/2004 , por isso estou lendo essas opiniões desses proprietário dos veículos //// valeu acho q/ vou negociar ///////o meu é um fox

    ResponderEliminar
  7. Estou querendo comprar um cívic 2005 ex 1.7 vetec ele esta com 156.000 sera essa km e problema pra esse carro

    ResponderEliminar

Obrigado por comentar. O seu comentário é muito útil e importante para que este blog seja actualizado. Porém existe algumas coisas que devem ser bem claras para os comentários:

-Não use palavras de baixo calão
-Os comentários são moderados, portanto seja educado com os comentários.
-Comentários com perguntas serão respondidas nos comentários no blog.
- Por favor não plagie, caso precise de retirar informação deste blog, não se esqueça de colocar a fonte.